Pactum

2018, o ano que agoniza

19 de julho de 2018

Realmente o Brasil não é para amadores. Nesse período pós-crise, quando a economia parecia dar sinais de reaquecimento, perdemos o fôlego e a baixa imunidade nos fez sentir com mais força os sintomas de uma crise ainda latente e grave.

A greve dos caminhoneiros demonstrou não apenas a insatisfação setorial com as políticas de reajustes de preços dos combustíveis ou a prejudicialidade dos valores de frete praticados, mas, especialmente, demonstrou claramente ao país a ausência de governo e de políticas públicas.

Além da carência de legitimidade, no episódio ficou evidente a falta de planejamento, visão sistêmica, despreparo e, especialmente, a credibilidade de nossos governantes. A condução das tentativas de remediar a greve redundou em “emendas piores que o soneto”, ao repassar o custo das concessões aos demais setores da economia.

Não vamos nos enganar, a conta sairá dos recursos arrecadados por toda a sociedade. Não há mágica. Não surpreende que, agora, após desmobilizado o protesto rodoviário, surjam novas pressões de segmentos que serão diretamente impactados com a oneração da carga tributária, tal como a reoneração da folha de salários para setores industriais, comércio e serviços, corte de incentivos para exportadores (reintegra) ou vedações no direito de compensações de tributos (forma indireta de majorar a carga tributária).

Ocorre que essas iniciativas governamentais, feitas no atropelo, violam a legislação, e o Poder Judiciário deverá socorrer as empresas e protegê-las com os freios e contrapesos que o próprio ordenamento jurídico impõe. Existe uma forma correta de fazer as coisas, mas parece que as autoridades públicas se esqueceram disso.

Tivemos a Copa do Mundo e ainda teremos as eleições e mais alguns meses de agonia de um governo que não sabe para onde vai e que talvez esteja contando os minutos para que essa agonia acabe. Nós, brasileiros, também.

Comentários

Até agora não foi feito nenhum comentário, seja o primeiro!

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta pergunta é para o teste se você é um visitante humano e para impedir envios automatizados de Spam.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.

e-Pactum    

Twitter RSS

A Pactum conta com mais um canal de comunicação. O e-Pactum. Blog que permite interação ainda maior entre nossos colaboradores, clientes e visitantes do site. Participe, deixe seu comentário. Contribua, participe desta seleta comunidade.

Drupal SEO